PROIBIDO

proibido_criar_pinsher.png
PROIBIDO pra CACHORRO

Escolhemos aqui alguns alimentos que podem intoxicar nossos pequenos cães e gatos ou mesmo levá-los à morte:

ABACATE: Devido à persin (toxina contida no abacate), danos ao coração poderão ser observados. No entanto, só percebemos possíveis diarréias e vômitos.

ÁLCOOL e DROGAS: Sem comentários, não? Todos sabem dos malefícios que “isso” pode causar ao ser humano, imagina só num animalzinho de estimação?

BATATA CRUA: tanto a batata, a mandioca, inhame e outros tubérculos crus, podem ter efeitos tóxicos ao nível do sistema nervoso central deixando o animal triste e letárgico.

CEBOLA e ALHO: Uma das mais sérias intoxicações, a cebola e o alho têm uma particularidade em destruir as células vermelhas deixando o animal anêmico e fraco, ou seja, é uma intoxicação “lenta” e importante.

CHOCOLATE: Muito conhecido e apreciado por nós, se torna um grande vilão quando oferecido aos cães. Devido a Teobromina e dependendo da quantidade a intoxicação será gravíssima.

DOCES: o açúcar além de causar cáries, como sabemos, leva o animal à obesidade possibilitando o desenvolvimento do Diabetes.

FRITURAS e GORDURAS: Como todos sabem, a gordura é essencial para nossa sobrevivência, no entanto, o seu excesso provoca muitos danos a saúde como transtornos hepáticos e todas as conseqüências da obesidade.

GOMA DE MASCAR SEM AÇUCAR: assim como alguns produtos dietéticos possuem o XYLITOL, para nós humanos sem problemas, no entanto, para os pets pode ser muito nocivo, onde um pequeno “chiclete” intoxica um cão de 5 quilos.

MACADÂMIA (NOZES): Tem uma atuação bem direcionada no sistema nervoso e muscular dos cães, pode causar febre, tremores, fraqueza e até vômitos.

MASSAS CRUAS: Devido a sua fermentação intestinal pode causar expansão gástrica e até mesmo torções do estômago, além da intoxicação alcoólica deixando o animal desorientado chegando até mesmo ao coma.

OssosÉ um perigo para os animais, pois podem causar engasgos ou perfurar o trato digestivo.

PEIXE CRU: O excesso de pescado cru, como a Tilápia, por exemplo, pode levar o animal a ter deficiência principalmente da Vitamina B1. Consequentemente poderão surgir distúrbios neurológicos.

PÊSSEGOS: Assim como a ameixa, o caroço pode ser um corpo estranho nos intestinos causando até mesmo obstruções. Além disso, as sementes de um modo geral podem liberar cianetos no trato gastro intestinal levando a sérios problemas.

UVAS: Um tipo de intoxicação comum entre os cães, a uva pode causar sérios danos aos rins e se já existir qualquer problema anterior o caso poderá se tornar muito grave.