CIRURGIA GERAL

  • O centro cirúrgico do Hospital Veterinário Atibaia está equipado sala de cirurgia, sala de paramentação, sala de preparo e recuperação do paciente. Possuímos anestesia inalatória com respirador, foco cirúrgico, bomba de infusão automática e monitor cardíaco com oxímetro e eletrocardiograma em tempo real.
  • Nossa estrutura possibilita a realização dos mais variados procedimentos, desde simples intervenções como castrações e remoções de tártaro até complexas como laparotomias, toracotomia e cirurgias ortopédicas inclusive coluna vertebral.
  • Para garantir o conforto e a segurança de nossos pacientes, o centro cirúrgico fica em um local privilegiado em nosso hospital, ocupando uma área isolada de nossas outras atividades e ao mesmo tempo com fácil acesso justamente para os quadros emergenciais.
  • Temos cirurgiões altamente capacitados bem como equipe treinada com anestesista e enfermeiros.
  • O A preparação do local cirúrgico, da equipe e do material é conseguida através de técnicas assépticas (esterilização de instrumentais e panos em autoclave, desinfecção da sala com desinfetantes hospitalares, uso de gorro e mascara, preparação adequada do paciente), visando evitar a contaminação cruzada na cirurgia.
    • Todos os procedimentos são realizados com acompanhamento de um médico veterinário capacitado, com avaliação constante dos parâmetros fisiológicos (batimentos cardíacos e respiratórios, temperatura, pressão arterial).
    • Os cuidados pós-cirúrgicos são essenciais para o sucesso do tratamento; dependendo do tipo de cirurgia haverá uma variação no período de permanência no setor de internação. Cuidados intensivos devem ser realizados para total recuperação do paciente: controle da dor, temperatura corporal, suporte nutricional, controle débito urinário, administração de fluidos intravenosos entre outros.
    • O hospital oferece serviços nas diversas áreas da cirurgia:
      • Cirurgia Geral (Tecidos moles)
        cesarianas, OSH ( esterilização de fêmeas), orquiectomia ( esterilização de machos), hérnias, cistotomia, gastrotomias, laparotomias, entre outros procedimentos.
      • Cirurgia Ortopédica
        Envolvem o sistema musculoesquelético. Diferentemente do que se costuma acreditar, a cirurgia ortopédica não trata somente fraturas, mas também deformidades congênitas, problemas crônicos e traumáticos relacionados ao uso excessivo do tecido ósseo.
        Envolve correção de fraturas com utilização de implantes, cirurgias articulares como ruptura de ligamento cruzado, luxação de patela entre outras.
      • Cirurgia Oncológica
        Cirurgia que visa a retirada de tumores ou material para biópsia. Muitos tumores podem ser tratados com cirurgia exclusiva ou combinação com quimioterapia.
      • Cirurgia Oftálmica
        Cirurgias palpebrais, cirurgias de córnea e resolução de cataratas ( método facoemulsificação).
      • Neurocirurgia
        Cirurgia que visa a correção de doenças congênitas ou adquiridas do sistema nervoso central ou periférico, que muitas vezes provocam dor e limitação física como paralisia dos membros. Atualmente a neurocirurgia abrange mais situações relacionadas aos processos compressivos (hérnia de disco, instabilidade vertebral, fraturas e luxações vertebrais).
      • Cirurgia Emergenciais
        Cirurgias que necessitam intervenção cirúrgica imediata. Incluem-se os traumas (hemorragias persistentes, ferimentos penetrantes, ruptura de órgãos, hérnia diafragmática), obstrução gastrointestinal (corpo estranho, tumores), acidente gastrointestinal (torção de estômago, intussuscepção) e os partos distócicos (cesarianas).